Cruzilhada

Cruzilhada

  • Village
  • População: 409
  • Breve informação: vila de passagem obrigatória para caravanas que entrem ou saiam do Condado, prospera à custa de hotelaria e comércio.
Generalidades:

Cruzilhada é uma pequena vila que beneficia como ponto de passagem obrigatório de caravanas para o Reino da Estrela, onde os seus habitantes aprenderam a dispor serviços com graça e hospitalidade, mas que não floresce mais devido ao seu governador opressivo.

Embora outrora fosse das vilas mais bonitas do Condado, o uso excessivo da cidade por caravanas passageiras aliadas à falta de zelo da população têm deixado os seus edifícios degradarem-se. Todos os que aqui moram têm uma preocupação excessiva em ganhar e arrecadar dinheiro. As taxas sobre o comércio e cultivo são exageradamente elevadas em comparação com as de cidades vizinhas e por vezes atingem valores tão absurdos que algumas caravanas preferem correr o risco de subornar os guardas para evitar prejuízo no negócio.

De facto, a maioria das coisas que são vistas como más ou negativas em Cruzilhada resultam directa ou indirectamente do reinado pouco escrupuloso de Cedric Maes, que taxou os vários serviços em maneiras tão absurdas que os habitantes não tiveram outra solução senão aumentar os preços dos seus serviços respectivamente. A própria guarda tem descurado as patrulhas no exterior da cidade para monitorizar os visitantes e patrulhar os homens de fraque.

Informação adquirida por Tyrion (Bardic Lore)
  • Cruzilhada é uma aldeia que beneficia da intersecção de 3 rotas comerciais. É um ponto de passagem obrigatório para caravanas e aventureiros. Contudo, caso a estadia não seja preparada com a devida antecedência, uma noite numa das estalagens da vila pode custar muito mais do que se poderia calcular
  • As políticas incorrectas pela parte do regente, Cedric Maes, estão a resultar em descontentamento generalizado em Cruzilhada.
  • Aparte das dificuldades financeiras, Cruzilhada tem fabricantes, artesãos e inventores capazes e é possível encontrar de tudo um pouco à venda. Inclusive, um dos poucos feiticeiros que fabrica itens mágicos simples para venda a terceiros reside aqui.
Regente da cidade:
Edifícios de interesse:
Contactos nesta cidade:
  • Os aventureiros não conhecem ninguém que resida actualmente aqui.
Actividade dos aventureiros:
  • Nivel 1
    - Os aventureiros chegaram a Cruzilhada vindos do Forte da Pata do Urso.
    - Enquanto procuravamm uma estalagem que aceitasse o lobo de Nagara, Surma usa uma magia de charme num habitante local que se oferecia a guiá-los pela vila por um preço, violando assim uma das leis do Condado.
    - Perante um sem-abrigo a ser expulso de uma estalagem por um guarda, a companhia interviu, previnindo o guarda de matar o sem-abrigo. Contudo, ao aperceber-se de que este estaria gravemente doente, recusam-se a pagar a sua estadia. No outro dia, o sem-abrigo jazia morto numa valeta à saída de Cruzilhada

Cruzilhada

As Cronicas do Condado das Nuvens shaarlander